“Certo dia, o meu professor de história parou a aula e olhou em minha direção, fazendo a seguinte pergunta: “você tem vontade de casar?” Eu, surpresa - até olhei para os lados pra ver se era mesmo direcionada a mim - então respondi: “sim, tenho professor.” Ele então sorriu e voltou a perguntar: “você tem vontade de casar ou de casar-se?” Eu disse que não tinha entendido muito bem a pergunta desta vez. Qual era a diferença? A ortografia? Ele então explicou-me: se você quer ser feliz, se case; mas, se pretendes fazer quem amas feliz, case-se. Meio confuso, não? Eu sei, o amor também é.”
Capitule.   (via inverbos)
“Tudo é motivo pra lembrar, tudo é motivo pra esquecer. Não sei mais o que fazer, amar dói.”
Caio Augusto Leite.  (via terminar)
“Eu quero ficar só, mas comigo só eu não consigo.”
Jota Quest.  (via conjutivo)
“Organize bem as palavras antes de falar, porque acabam sendo mal interpretadas, o que gera conflitos, magoas e discussão.”
Quoteografa   (via odeioadistancia)
“Amar dói, mas nem sempre é igual. Na maioria dos dias, ele não queima. Aquece.”
Gabito Nunes.  (via alentador)

seducao